Testes em Animais: Para fabricação de Cosméticos.

4
                                                      Imagem by: Google.

Todos os anos, milhares de cosméticos, remédios, produtos de limpeza e higiene pessoal são lançados no mercado.

E muitos deles foram testados em animais. Antes destes produtos serem vendidos, eles passam por inúmeras pesquisas e experiências que deixam milhões de animais mutilados, envenenados e eles passam por um sofrimento terrível.


                                                   Imagem by: Google.


O que vou destacar aqui, é que não são todas as marcas de cosméticos e outros produtos  que fazem experiências em animais. Mas, infelizmente, uma grande maioria das marcas fazem testes em animais.

                                                          Imagem by: Google.

Os fabricantes alegam que os testes comprovam a segurança do produto. Muitos produtos comprovadamente tóxicos são lançados no mercado. O desejo de muitas pessoas nada mais é  do que o"comércio". Ganhar dinheiro. Não se importam com o sofrimento alheio.

Os animais que participam desta experiência são criados em um viveiro chamado: Biotério.
Coelhos, macacos, camundongos, cachorros, porquinhos da índia, cães até mesmo baratas são usadas para testes. Geralmente são mortos, após o estudo.

Teste de Draize:  Coelhos Cobaias medem os efeitos químicos da aplicação de cosméticos.


IMAGEM BY: GOOGLE.


O produto é pingado nos olhos do animal ou  muitas vezes injetam diretamente  o produto com o uso de uma seringa com agulha acoplada e sem anestesia.
Como os produtos podem causar dor, irritação, coceira. Os coelhos são imobilizados com um suporte no pescoço.
Os coelhos chegam a gritar de tanta dor.

É comum o uso de clipes de metal nas pálpebras, para manter os olhos da cobaia sempre abertos, o que ajuda na observação do efeito do produto.
Muitas vezes ocorrem inflamações, úlceras oculares, hemorragias ou cegueira.


                                             Imagem by: Google.

Algumas vezes eles raspam a cabeça do cachorro, macaco ou outro animal e injetam o produto lá, logo em seguida colocam tipo uma fita colante e arrancam com muita força, depois vão colocando e retirando a fita até o produto ficar na carne viva. Os animais sofrem muito. Não vou citar mais formas de testes porque é muito forte e infelizmente destas experiências que contei não é nem a metade do que acontece, como diz o ditado: "Da missa, não é um terço".

                                                                       Imagem by: Google.
                                       
Quero deixar claro que eu sou contra os testes em animais.
Alternativas é a palavra chave!



Como dizem alguns cientistas, os pesquisadores devem procurar constantemente alternativas. Muitos coelhos marcados para o teste de draize podem ser poupados graças ao emprego alternativo de uma membrana de ovo de galinha como superfície de testes.
Mas, infelizmente poucos utilizam deste recurso.

                                                      Imagem by: Google.

Não se utilizam mais coelhos para detectar a gravidez humana.
Em 1927 dois médicos alemães criaram o teste do coelho. O teste consistia em injetar a urina da mulher grávida no ovário da coelha. Então as coelhas eram examinadas por alguns dias. Se a coelha apresentasse mudanças no metabolismo, significava que havia hcg  na urina da doadora humana.

* HCG: É um hormônio produzido quando a mulher está grávida.

Embora a confirmação do teste pudesse ser feita mantendo os animais vivos. Eles eram sacrificados, já que os custos de uma cirurgia tornariam  o procedimento inviável economicamente.

Hoje  o HCG continua a ser usado em testes de gravidez. Mas, graças ao avanço da ciência. Este método abominável não é mais usado.


Testes em animais é um tema polêmico no mundo.


                                                Imagem by: Google.

Agora vou falar sobre a PEA: É a Ong Projeto Esperança Animal. Eles sempre atualizam a lista das marcas que não fazem testes em animais.
Clique neste link para saber várias marcas que não fazem testes em animais. 
http://www.pea.org.br/crueldade/testes/naotestam.htm

Fiquei feliz em saber que uma marca que gosto muito não faz testes em animais que é a marca: Vult. 
A marca: Eudora, Racco, Abelha Rainha, Impala e Embelleze
também não fazem testes em animais.

A PETA: (People for the Ethical Treatment of Animals.) (PESSOAS PELO TRATAMENTO ÉTICO DOS ANIMAIS). É a Organização não governamental fundada em 1980.
A sede da Peta é nos Estados Unidos em Norfolk, Virginia.

Vou deixar o link da Peta para vocês verem nomes de marcas internacionais que não testam em animais:

http://www.mediapeta.com/peta/PDF/companiesdonttest.pdf

                                                                           Imagem by: Google.

Agora veja algumas marcas que fazem testes em animais:
http://www.mediapeta.com/peta/PDF/companiesdotest.pdf

Neste link vocês vão ver marcas muito famosas no mundo que fazem testes em animais .Como: Avon, Mary Kay, L´oreal, Lancôme, Jhonson & Jhonson entre outras.

Eu amo os cosméticos da marca Avon e fiquei muito chateada de saber que a Avon está pagando pra fazer testes em animais na China.Espero que isto mude logo.  Bom, vou deixar um link falando sobre isto para vocês saberem:

http://eco4planet.com/blog/2011/11/avon-confirma-testar-cosmeticos-em-animais-apos-alerta-do-peta/

Quero deixar claro aqui que a Avon não faz testes em animais na maioria dos países, fazem apenas testes nos países  em que o governo obriga por  lei tais testes. E que a Avon quer que os testes em animais parem por completo. Espero que a Avon consiga encontrar alternativas o mais rápido possível, assim como eles desejam e estão estudando outras alternativas para usarem em países que obrigam os testes.

Outro link: http://consciencia.blog.br/2011/11/avon-financia-testes-em-animais-na-china.html#.UfbfLtK-oTY


Agora vou deixar os pensamentos do dia:


                                                        Imagem by: Google.



                                                        Imagem by: Google.




Sugestão de Matéria enviada por:


                                                      Cíntia Oliveira.

                    Agradeço a sugestão da matéria... Até a próxima!



4 comentários:

  1. Amei a matéria, principalmente o link com o nome de empresas que não testam seus produtos em animais.
    Procuro sempre que possível comprar produtos "vegans", com os respectivos selos.
    No site abaixo também tem referências para ajudar na compra de produtos não testados em animais.
    http://www.veganismo.org.br/p/produtos-veganos.html
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Gostei da matéria ficou muito bouaa um absurdo fazerem isso com os bichinhos que dó. Fico feliz que a Racco não esta na lista =).

    ResponderExcluir
  3. Gostei muita da sua matéria. No fundo, no fundo, se as empresas quisessem, poderiam perfeitamente não vender em países que obrigam testes em animais, como a China. Não acredito que empresas como Avon (por exemplo) necessitam urgentemente desse mercado para sobreviver. Mas o negócio e o lucro falam mais alto. Aliás boicoto tudo "Made in China", estou de saco cheio. Com o mundo em crise desse jeito deveríamos comprar produtos locais. Se está escrito made in china, simplesmente não compro, fora que economizo bastante dinheiro deixando na loja coisas que no fundo não preciso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com vc Crisaide... Os animais são importantes em qualquer lugar da terra...não importa se é na China ou em outro local. E as pessoas podem escolher fazer testes ou não. Assim como muitas marcas na China resolvem nem vender lá para não ter que fazer testes em animais.
      Isto é elogiável.

      Excluir